Cursar medicina na Argentina pode ser uma forma de realizar aquele sonho profissional que você sempre teve, mas encontrou dificuldades de realizá-lo no Brasil.

Na Argentina esta possibilidade é real, já que não existe vestibular para ingressar em qualquer uma das centenas de Instituições espalhadas por todo país.

Em cada uma delas a forma de acesso ocorre por cursos introdutórios que já compõem a grade curricular de Medicina, mas que se exige sua aprovação para sequência nos demais ciclos vinculados a carreira médica.

O tempo de duração do curso é o mesmo das Universidades brasileiras, com carga horária equivalente ao de qualquer uma delas.

Estudar em uma Universidade pública como a UBA, é completamente viável, desde que se aprove no curso de ingresso. Já nas Universidades particulares seu acesso é mais fácil, e seus custos mensais muito mais vantajosos se comparado às Universidades brasileiras, o que leva centenas de brasileiros anualmente a estudar Medicina na Argentina.

Saiba mais sobre atuação no Brasil.