Atuar como médico(a) no Brasil após se formar em uma Universidade estrangeira pode ser mais fácil do que imagina. E, o mais importante, só depende de você e do quanto se preparou ao longo de toda a Graduação.

Abaixo colocamos algumas opções viáveis:

Transferência

A partir do momento em que parte do curso esteja realizado, uma das alternativas é tentar, a cada semestre, uma transferência para Universidade brasileira que tenha curso de Medicina e que possibilite a transferência de alunos de Instituições estrangeiras.

Programa Mais Médicos

Outra alternativa é retornar ao Brasil após formado e se cadastrar no Programa Mais Médicos do Governo Federal, permitindo o exercício da sua profissão enquanto busca pela revalidação do título, ou ainda, de forma permanente, caso tenha interesse.
Saiba mais sobre o programa: http://www.maismedicos.gov.br/

REVALIDA

O REVALIDA é um programa do Governo Federal em conjunto com o Ministério da Educação e Ministério da Saúde, onde por meio de uma prova teórica e outra de habilidades clínicas, você consegue obter seu CRM, em caso de aprovação.

Atualmente é a forma mais procurada por brasileiros formados no exterior e estrangeiros, pois sua aprovação lhe garante o exercício da profissão no país sem nenhuma restrição.

Revalidação de Diploma

Outras Universidades brasileiras que ainda não aderiram ao Programa REVALIDA também podem possuir provas que testem o conhecimento dos médicos formados no exterior. Estas Universidades são autorizadas pelo Ministério da Educação a validarem o diploma daqueles médicos que cumprirem com as exigências necessárias e obtiverem aprovação nos exames aplicados.

Atuação fora do Brasil

Na Argentina, o estudante brasileiro que se forma já poderá exercer sua profissão legalmente. Já em países que mantém tratados internacionais também podem aceitar automaticamente o título obtido junto a uma Universidade autorizada na Argentina.

Nestes casos, sugere-se uma pesquisa ao país de destino para avaliar as exigências necessárias para obter a autorização do exercício da profissão.